quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Congelamento e descongelamento da Alimentação Natural

09:46

Fonte: aboutcatsonline.com

Por que congelar?

Para tornar a dieta caseira prática! Para ganhar tempo e evitar o trabalho de ter que preparar todos os ingredientes da Alimentação Natural (AN) do seu pet diariamente, recomendamos que você prepare de uma só vez uma quantidade suficiente para alimentá-lo por vários dias, de acordo com o espaço disponível no seu freezer ou congelador para guardar comida congelada. (Leia nosso artigo sobre o preparo da AN crua ou nosso artigo sobre o preparo da AN cozida.)
Para tornar a Alimentação Natural crua mais segura! O congelamento de carnes, vísceras e ossos carnudos crus no freezer ajustado para a menor temperatura possível (a mais fria) durante pelo menos 3 dias, tem se mostrado eficiente para inativar (tornar inócuos) parasitos possivelmente presentes nas carnes cruas, como o protozoário responsável pela toxoplasmose, tênias e outros.

Freezer ou congelador?

Dependendo do espaço disponível no seu freezer ou congelador e da quantidade de comida que seu pet consumirá diariamente você poderá manter um estoque para 7, 15, 30, 40 ou até 60 dias de Alimentação Natural caseira. Para quem tem muitos pets ou tem pets de porte grande, pode valer a pena investir em um freezer adicional para manter um estoque maior de alimentos. Pesquise em lojas ou sites que vendem eletrodomésticos de segunda mão. Vale também verificar se algum amigo ou parente tem um freezer encostado para te emprestar ou te vender por um precinho camarada. Foi assim que nós descolamos um freezer para nossa turma!
Quem tem um pet só, principalmente de porte pequeno ou gato, consegue armazenar uma boa quantidade de alimentos no freezer da geladeira duplex (aqueles modelos de duas portas, como esses).
Refrigeradores de uma porta só (aqueles modelos menorzinhos, como esses) não possuem freezer, apenas um congelador, que não atinge temperaturas tão baixas quanto os freezers dos outros modelos. Esse tipo de aparelho não é o mais indicado para armazenar porções de Alimentação Natural Crua, uma vez que a temperatura que atingem é inferior à temperatura para inativar parasitos e assim tornar mais segura as carnes que serão oferecidas cruas.
Para quem tem disponível apenas esse tipo de geladeira, sugerimos considerar a Alimentação Natural Cozida, uma vez que os alimentos depois de cozidos dispensam o congelamento profilático para combater os vermes. O congelamento nesse caso é indicado somente para conservar os alimentos e para isso a temperatura desses aparelhos é suficiente.
Contudo, conhecemos pessoas que tem somente congelador (não tem freezer) e que vem oferecendo AN crua ao pet sem problema algum. Se esse é seu caso, recomendamos que mantenha carnes, vísceras e ossos carnudos crus congelados por mais tempo (mínimo de 5 dias) antes de servi-los ao pet. E que, tão logo possa, considere a aquisição de um freezer só para seu peludo.

Como congelar?

Basta montar refeições para um ou dois dias usando tupperwares ou saquinhos e colocar para congelar. Conforme explico nos artigos sobre preparo da AN cozida e da AN crua, é possível congelar refeições sem legumes, que podem ser preparados à parte a cada 3 dias para ser oferecidos mais fresquinhos e nutritivos.
Ajuste seu congelador para a potência máxima assim que carregá-lo com as porções. Acione o sustema “quick freeze”, se houver, para intensificar o congelamento durante os dois primeiros dias. Lembre-se que ossos carnudos, vísceras e carnes cruas – itens da AN crua – devem permanecer congelados por pelo menos 3 dias em freezer ou 5 dias em congelador para ser oferecidos com maior segurança a cães e gatos.  Evite ficar abrindo com muita frequência a porta do freezer ou congelador durante os primeiros três dias.

Nosso freezer abastecido com porções de AN crua para 40 dias.

Por quanto tempo deixar os alimentos congelados?

Carnes, vísceras e ossos carnudos crus podem ser mantidos congelados por até 45-60 dias sem problema algum. A perda nutricional ocasionada pelo congelamento dessas peças é pequena. Vale o mesmo para carnes e vísceras cozidas, ingredientes da AN cozida.
O grande “x” da questão são os vegetais: legumes, verduras e carboidratos (grãos e tubérculos como batatas). As propriedades nutricionais desses alimentos não resistem bem ao processo de congelamento e descongelamento. É possível manter porções completas (com vegetais e carboidratos) congeladas durante até 30 dias. Mas não recomendamos deixar vegetais congelados tanto tempo – salvo em caso de viagem ou emergência. Se sua intenção é congelar porções diárias completas, mantenha-as congeladas por até 10, 15 ou 20 dias. Quanto menos tempo os vegetais passarem congelados, menor será a perda nutricional.
O que fazemos aqui e que considero bastante prático, é congelar porções diárias incompletas, sem os vegetais, e prepará-los à parte a cada três dias, conforme explicamos nesses artigos. Dessa forma conseguimos congelar 30-45 dias de carnes, vísceras e ossos carnudos crus para nossos pets, adeptos da AN crua. E fornecer verduras e legumes sempre mais fresquinhos, saborosos e nutritivos.
Peixes não devem passar muito tempo congelados, não importa se crus ou cozidos, se inteiros ou filés (só a carne). Mantenha peixe congelado por até 25 dias. Mesmo mantido sob baixas temperaturas ele se deteriora ligeiramente e as substâncias que seus tecidos liberam ao estragarem podem desencadear coceiras no animal. Lembre-se que para oferecer peixes crus com maior segurança, devemos congelá-los por três dias antes de servi-los aos pets a fim de inativar eventuais parasitos.
Importante: não congele ovos (não importa se crus ou cozidos); sempre deixe para prepará-los antes de servir. Da mesma forma, não congele as porções contendo os complementos (óleos, iogurte, levedura de cerveja etc). As propriedades nutricionais dos complementos são frágeis e não resistem ao congelamento ou aquecimento. Sempre adicione-os à refeição imediatamente antes de servir.

Como descongelar as porções?

Para descongelar, retire a porção do freezer ou congelador e coloque-a na parte mais baixa da geladeira. Ela descongelará dentro de 12 a 18 horas. Descongelar na parte mais baixa da geladeira é o método ideal porque acarreta menor perda de nutrientes. Ao colocar a porção para descongelar dentro da geladeira, deixe-a dentro de um recipiente (sugestão: cuba de vidro ou de plástico) para que o líquido que as carnes, principalmente as cruas, liberam ao descongelar não suje sua geladeira.
Para emergências, use banho-maria ou mergulhe o recipiente contendo a porção em água morna por alguns minutos. Se possível, evite usar o microondas para descongelamento regular, ele destrói muitos nutrientes e cria compostos prejudiciais à saúde.
Não descongele deixando a porção sobre a bancada da cozinha. O descongelamento se dará rapidamente, mas deixar a comida exposta assim pode atrair moscas e favorece a proliferação bacteriana.
Para sempre ter comida descongelada à disposição, lembrando que o descongelamento em geladeira leva várias horas, retire diariamente uma porção do freezer ou congelador e coloque-a na parte mais baixa da geladeira.

A oferta da porção descongelada

Não faz mal algum para os pets ingerir alimentos gelados, desde que estejam plenamente descongelados. Nossos cachorros adoram comida gelada, mesmo no inverno!
Mas se quiser “quebre o gelo” da refeição misturando nela algumas colheres de água quente antes de servir. Essa dica é especialmente interessante aos gatos, que apreciam alimentos morninhos e cheirosos – e o fato de aquecer de leve a refeição fará com que o cheirinho volatilize bem mais!
No caso da Alimentação Natural cozida pode-se usar banho-maria ou aquecer a refeição em panela sobre fogo baixo, com um pouco de água, por alguns instantes. Mas jamais aqueça ossos carnudos crus – ingredientes da AN crua, a ponto de cozinhá-los. Ossos carnudos devem ser oferecidos sempre 100% crus , do contrário não são seguros para ingestão. 
Abriu uma porção de AN? Sirva a refeição e refrigere o restante por até 2 dias (AN crua) ou por até 3 dias (AN cozida). Não deixe comida por mais de 3 dias na geladeira. Dieta caseira não contém conservantes e mesmo sendo mantida na geladeira os alimentos sofrem deterioração. Não recongele porções ou alimentos já descongelados.
Aquele “caldinho avermelhado” que muitos confundem com sangue e que drena das porções descongeladas – principalmente da AN crua – pode ser servido juntamente com as refeições, se quiser. Não fará mal algum. Não é sangue, é exsudato, líquido ralo contendo um pouco de hemoglobina que as carnes naturalmente liberam ao descongelar.
Sirva a refeição e aguarde 15-20 minutos. Sobrou comida na vasilha do peludo? Guarde em recipiente na geladeira e sirva na próxima oportunidade. Não deixe dieta caseira exposta, ela atrairá moscas e estragará. E ingestão de alimentos deteriorados pode fazer muito mal ao seu pet.

Fonte:http://www.cachorroverde.com.br/index.php/como-armazenar/

Written by

We are Creative Blogger Theme Wavers which provides user friendly, effective and easy to use themes. Each support has free and providing HD support screen casting.

0 comentários:

 

© 2013 Espaço VetZoo. All rights resevered. Designed by Templateism

Back To Top